Benefícios do Sistema de Gestão para Negócios – ABA

ABA

Benefícios do Sistema de Gestão para Negócios

Sistema de Gestão para Negocios

Na sua empresa existe sistema de gestão?

As informações são integradas em uma mesma base?

As empresas precisam simplificar os processos de gestão para se destacar no mercado e o sistema de gestão é um dos meios

Os resultados apresentados por um sistema de gestão extrapolam o caráter financeiro. Os benefícios podem ser representados por meio de diversos indicadores de qualidade. Veja alguns exemplos:

  1. Ganho de produtividade em alta escala;
  2. Melhor organização da empresa e seus setores;
  3. Redução de custos e controle de desperdícios;
  4. Aumento das vendas e lucratividade;
  5. Maior segurança para empresa e seus funcionários;
  6. Melhoria nos índices de satisfação interna e dos clientes;
  7. Aumento da qualidade de vida para os colaboradores.
  8. Diminuição do impacto das atividades na natureza com utilização sustentável dos recursos na empresa;

Exemplo: Importância do ERP  e CRM:

ERP, CRM integrados ao sistema de gestão é tão importante para o sucesso de uma empresa, faz toda a diferença

Vantagens de um sistema de gestão?

Com a implantação e utilização sistemática de um sistema de gestão aderente ao segmento de atuação de cada negócio, diversas vantagens podem ser observadas, como:

  • Aumento a produtividade;
  • Aumento a transparência;
  • relatórios com indicadores de desempenho;
  • Diminui os riscos de acidentes de trabalho;
  • Reduz a burocracia no trâmite de processos;
  • Aprimora o clima organizacional da empresa;
  • Reduz os danos causados ao meio ambiente;
  • Torna o negócio mais competitivo e mais próximo da excelência;
  • Padroniza processos em consonância aos padrões internacionais;
  • Possibilita um ambiente de trabalho mais seguro, agradável e produtivo;
  • Fortalece a percepção de marca tanto entre o público interno, quanto entre os clientes

Indicadores de Desempenho: são informações sobre o desempenho financeiro e operacional da empresa, por exemplo o DRE.

Indicadores de qualidade: monitora o número de produtos ou equipamentos que apresentam defeitos, o quanto de matéria prima e recursos humanos são utilizados e o quanto é desperdiçado durante a produção, a quantidade de reclamações por parte dos consumidores em relação aos produtos e/ou serviços finais e, ainda, a quantidade de tempo despendida para entrega de cada um deles.

Indicadores de saúde: as principais métricas avaliadas são as envolvendo horas de treinamento oferecidas, despesas com planos de saúde, quantidade de atestados médicos entregues, números de faltas ao trabalho com e sem justificativas, entre outras.

Indicadores de sustentabilidade: os principais focos são o nível de consumo de água e energia no processo de produção, a quantidade de resíduos e de lixo produzidos, o destino dado a esses dejetos, a utilização de matéria-prima biodegradável, o encaminhamento para locais de reciclagem ou reaproveitamento etc.

As empresas precisam simplificar os processos de gestão para se destacar no mercado

Ao mesmo tempo, o gestor precisa buscar garantias de que, com a máxima velocidade e a qualquer tempo, ele terá em mãos as informações que necessita para orientar suas decisões. Além disso, é essencial que todas estas funcionalidades do sistema de gestão estejam disponíveis de maneira colaborativa e inteligente integrando tecnologia, empresa, colaboradores e seus clientes.

Gostou desse post?

Comente aqui se você já utiliza Sistema De Gestão e as facilidades para operacionalizar

Se inscreva nos Canais do ABA! Toda semana terá conteúdo novo para ajudar você a evoluir na sua jornada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Saiba mais sobre a Consultoria ABA